Filho de Trump nega vazamento do Planalto e avisa que não será embaixador dos EUA no Brasil: “Boato”

BR: “Isso nada mais é do que um boato”, esclareceu hoje, a partir dos Estados Unidos, em mensagem ao jornal O Globo, uma porta-voz do filho do presidente americano Donald Trump, Eric Trump. Assistente do vice-presidente executivo da Trump Organization, Kimberly Benza negou com todas as letras que poderia acontecer com Eric, na mão contrária, o que já acontece com Eduardo Bolsonaro, indicado pelo pai, Jair Bolsonaro, para ser embaixador do Brasil nos EUA.

A possibilidade de Eric vir a ser nomeado embaixador nasceu, segundo o Globo, dentro do próprio Palácio do Planalto, onde a informação foi passada em ‘off” para alguns jornalistas. A BBC Brasil chegou a noticiar a chance como uma alternativa real.

“Eric dirige a Trump Organization e está comprometido com o negócio”, disse a porta-voz Kimberly. “Apesar de o Brasil ser um país incrível, isso nada mais é do que um boato”, encerrou ela.

Assim, vai ser só daqui para lá que um filho de presidente terá indicação para ser embaixador.