FGTS: “Quem acha pouco, é só não retirar”, diz Bolsonaro sobre teto de R$ 500 para saques

O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã desta quinta-feira 25 que o saque do FGTS é um “pequeno ânimo para a economia”. Em visita a Manaus para reunião do conselho de administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus, Bolsonaro disse que não pode abrir o valor de forma muito ampla para não prejudicar os mais pobres na aquisição de moradia própria.

Ao ser questionado sobre o que o trabalhador poderia fazer com o limite de R$ 500, o presidente disse que fizeram o que foi possível. “Quem acha pouco, é só não retirar (os recursos do FGTS)”, afirmou.

E você, acha pouco ou vai retirar?