Fã de torturado Ulstra, indicado de Bolsonaro é barrado por MP em Comissão de Desaparecidos; Ufa!

O Conselho Superior do Ministério Público Federal (MPF) rejeitou, em sessão nesta terça-feira, 6, o nome do procurador Ailton Benedito para integrar a Comissão Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos – conhecido por suas posições à direita, ele havia sido indicado pelo presidente Jair Bolsonaro numa tentativa de mudar a cara do órgão, considerado pelo governo de viés contrário ao período da ditadura militar.

Ele ocuparia o lugar do procurador Ivan Marx, mas o seu nome foi rejeitado por 6 votos a 4, inclusive com o voto contrário da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que havia defendido anteriormente a sua indicação.Veja mais no MSN Brasil: