Europa faz nova homenagem a Lula; ex-presidente é recebido por primeiro-ministro da Espanha no Palácio de Moncloa; prestígio internacional em alta; assista

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu com o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, nesta 6ª feira (19.nov.2021). O encontro foi realizado no Palácio de Moncloa, em Madri, sede do governo. Segundo Sánchez, o encontro serviu para discutir sobre a pandemia do coronavírus, mudanças climáticas e a recuperação econômica. Ainda conforme o primeiro-ministro, ambos compartilham “fortes vínculos estruturais e permanentes em várias áreas”.

A Espanha é o último país a receber Lula após viagens à Alemanha, Bélgica e França. Registros do encontro foram publicados nas redes sociais de Lula e Sánchez. Assista (41s):https://www.youtube.com/embed/wHCVjnOVh9I?autoplay=0&showinfo=1&wmode=opaque&modestbranding=1&enablejsapi=1&fs=1&rel=0&origin=https%3A%2F%2Fwww.msn.com&widgetid=1Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de PrivacidadeTermos)

O primeiro-ministro compartilhou fotos e descreveu o motivo do encontro. “Espanha e Brasil compartilham forte vículos estruturais e permantes em diferentes âmbitos. Hoje, me reuni com seu ex-presidente, Lula, para discutir vários assuntos de comum interesse, como a pandemia, as mudanças climáticas e a recuperação climática”, publicou.

Segundo Lula, a conversa trouxe uma troca de experiências e trocas de preocupações. “Falamos sobre a integração europeia e da América Latina, além da importância das relações Brasil Espanha. Também conversamos sobre nossas experiências na construção de políticas públicas de combate à desigualdade. E dividimos a preocupação com o tema das mudanças climáticas e a importância da solidariedade entre as democracias no enfrentamento ao avanço da extrema direita”, disse o ex-presidente.

Nesta 5ª feira (18.nov), Lula participou do seminário Cooperação multilateral e recuperação regional pós-Covid-19, promovida pelo CAF (Common Action Forum), na Casa América. O ex-presidente também se encontrou com o ex-primeiro-ministro espanhol José Luis Rodríguez Zapatero e se reunirá com a secretária-geral da UNCTAD (Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento), Rebeca Grynspan, ex-vice-presidente da Costa Rica. Grynspan é a 1ª mulher centro-americana a liderar a UNCTAD, braço da ONU para o apoio e integração dos países em desenvolvimento. Seguindo a agenda, Lula também terá encontros com representantes das confederações sindicais CCOO (Confederación Sindical de Comisiones Obreras) e UGT (Unión General de Trabajadores).