EUA de Biden abandonam Cabul à própria sorte; Talibã avança sobre a capital; mulheres esperam o pior; saída de tropas americanas cria país fora da civilização

Para muitos, Cabul, a capital do Afeganistão, já é o último refúgio.

Milhares de pessoas fogem de diferentes partes do país em direção à capital para escapar do grupo extremista Talibã que, em poucos dias, retomou o controle de várias cidades em uma rápida ofensiva que o Exército afegão não consegue conter.

A ONU pediu aos países vizinhos do Afeganistão que mantenham suas fronteiras abertas à medida que aumenta o número de civis que busca abrigo fora do território.

A escassez de alimentos é “grave”, informaram funcionários do Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU, alertando sobre uma catástrofe humanitária.

Na sexta-feira (13), o Talibã conquistou a segunda maior cidade do país, Kandahar, a mais recente capital de província a cair.

Foto de 2009 mostra soldados dos EUA no Afeganistão — Foto: Manpreet Romana/AFP

Foto de 2009 mostra soldados dos EUA no Afeganistão — Foto: Manpreet Romana/AFPhttps://e4d9d4c6950ae997cc5c0a686335c429.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A cidade de 600 mil habitantes no sul já foi um reduto do grupo extremista e é estrategicamente importante devido ao seu aeroporto internacional e à produção agrícola e industrial.

O Talibã também retomou o controle da cidade vizinha de Lashkar Gah e agora passa a dominar cerca de metade das capitais regionais do Afeganistão.

A última avaliação da inteligência dos Estados Unidos aponta que o grupo extremista pode tentar avançar sobre Cabul em 30 dias.

Neste sábado, em um breve pronunciamento, o presidente afegão, Ashraf Ghani, disse que a remobilização das forças armadas é uma “prioridade máxima” e que está mantendo conversas com líderes locais e parceiros internacionais sobre os acontecimentos no país.

“Como seu presidente, meu foco é evitar mais instabilidade, violência e deslocamento de meu povo”, declarou ele.

“Na situação atual, a remobilização de nossas forças de segurança e defesa é nossa principal prioridade e medidas sérias estão sendo tomadas nesse sentido”, acrescentou.

Talibã firma posição em território próximo da capital Cabul, no Afeganistão
https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.474.0_pt_br.html#goog_1582419557–:–/–:–