Eu me amo; Bolsonaro dá a ele mesmo série de títulos da Ordem Nacional do Mérito Científico

 presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou um decreto, publicado no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira, 4, em que ele mesmo é condecorado com uma série de títulos da Ordem Nacional do Mérito Científico.© Agência Brasil/Fábio Rodrigues Pozzebom

O texto publicado no Diário Oficial da União chega a ser repetitivo: “O Presidente da República, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,caput,inciso XXI, da Constituição, e na qualidade de Grão-Mestre da Ordem Nacional do Mérito Científico, resolve: admitir, na Ordem Nacional do Mérito Científico: I – na classe de Grã-Cruz: a) Grão-Mestre: Jair Messias Bolsonaro, Presidente da República”.

O posto de Grão-Mestre é regimentalmente reservado ao presidente da República.

Ele não perde um vexame: Bolsonaro chama Pisa, na Italia, de Pizza

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, o ministro da Economia, Paulo Guedes e o ministro da Educação, Milton Ribeiro, também receberão a condecoração do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Vale destacar que por iniciativa de Bolsonaro e Paulo Gudes, o Ministério da Ciência e Tecnologia sofreu um duro golpe, no último dia 8. A pasta teve 87% da sua verba cortada, deixando à mingua milhares de pesquisadores que contavam com os recursos para continuar estudos nas mais diversas áreas. A decisão fez com que o orçamento da pasta científica caísse de R$ 690 milhões para apenas R$ 89 milhões.