Espumou; Bolsonaro virou fera ao ver presidente da Anvisa na Globo; justificativa por jogo suspenso

A confusão envolvendo a partida entre Brasil e Argentina terá sequelas. Além da esfera esportiva, a política também trará consequências para o Governo Federal. Isso porque Bolsonaro não gostou nada de ver que o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, deu entrevista ao vivo para a Globo.

Atores políticos do governo confirmaram ao DCM a informação. Segundo eles, Bolsonaro entrou em contato com diversas pessoas para saber ‘quem autorizou o presidente da Anvisa a falar com a Globo’. Inclusive, o Ministro das Comunicações, Fabio Faria, teve de tentar apagar o incêndio para evitar maiores rusgas. Ele teria ligado para Bolsonaro e explicado que a Anvisa tem independência funcional, ou seja, não precisa de autorização para falar.

Mas nada disso foi suficiente para acalmar a fera. Bolsonaro queria a todo custo falar diretamente com Antônio Barra Torres para dizer que se sentiu desafiado pela entrevista. Isso porque o próprio presidente tentava ajustar a situação e garantir a continuidade da partida. Na visão dele, a atitude dos técnicos da agência teria inviabilizado uma solução diplomática.