Entre generais Rêgo Barros e Heleno, Bolsonaro faz ‘live’ para justificar fala de hoje sobre militares; “As forças armadas são sim a detentoras de emprego legal da violência”, diz Heleno

BR: Na ‘live’ feita pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira 7, a partir das 18h30, em sua página no Facebook, o general Augusto Heleno deu um recado duro à audiência:

“Pode parecer chocante, mas as Forças Armadas tem sim o direito ao emprego legal da força”, disse ele, lembrando que os regimes da Venezuela e de Cuba só estão em vigência porque tem a sustentação das respectivos contingentes militares de seus países.

Antes, Bolsonaro afirmou que uma das intenções da ‘live’ era abrir um novo canal de comunicação com o público. E que ele gostaria, inicialmente, de explicar sua fala na cerimônia de comemoração do aniversário do Corpo de Fuzileiros, no Rio de Janeiro, pela manhã.

“Para variar, fizeram muitas interpretações da minha fala”, reclamou ele, abrindo a palavra ao general Heleno.

O presidente afirmou que, a partir de agora, fara ‘lives’ todas as quintas-feiras, a partir das 18h30. No encerramento, Bolsonaro defendeu a proposta do governo para a reforma da Previdência.