Enrolado na Justiça, Kassab traiu centrão e fez PSD a ajudar Moro; crise aberta no bloco até aqui monolítico

BR: Pode ter sido por mero interesse pessoal, ou é mesmo estratégia de se alinhar com o governo. O certo é que o ex-prefeito de São Paulo e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, comandou a bancada de seu partido na direção contrário ao combinado com as demais legendas que formam o centrão.

Na votação que retirou o Coaf do Ministério da Justiça, o PSD entregou 30 votos contra a proposta, posicionando-se a favor da manutenção do órgão sob a jurisdição de Sergio Moro. Só um voto do PSD alinhou-se ao centrão.

No bloco, que até aqui se comportava como um monolito, a explicação é dada pelos muitos problemas que Kassab enfrenta na Justiça. Ficar bem com o ministro nunca é problema.
A dúvida é se o alinhamento de ocasião será mais duradouro.

É crise de interesses no coração do centrão.