Enquanto ensaia ser candidato a prefeito ou vice de SP, Datena é acusado de maltratar repórteres do ‘Brasil Urgente’, da Rede Bandeirantes

Funcionários da Band estão acusando o apresentador José Luiz Datena de maltratar repórteres do programa “Brasil Urgente”. A informação é do site Observatório da TV.

Na política, Datena pode participar da sucessão municipal em Sâo Paulo como candidato a prefeito ou vice. Ele ensaia uma filiação ao MDB e, ao mesmo tempo, uma aproximação com o grupo político do governador João Doria, que inclui o atual prefeito Bruno Covas, ambos do PSDB. O apresentador já afirmou que, se não concorrer agora, pretende disputar o Senado em 2022.

Nos últimos dias, a relação entre Datena e sua equipe tem sido conturbada e na base da gritaria, segundo informa o repórter Cadu Safner.

O comportamento de Datena com os repórteres também tem chamado atenção dos telespectadores. Nas redes sociais do programa, um deles escreveu:  “Não tem respeito e empatia alguma com seus repórteres. Trata eles com tanta grosseria, e isso ao vivo. Imagina o que não faz por trás das câmeras”.

O Observatório da TV procurou a Band, mas não teve resposta.