Empurrado de palco de missa diante de 50 mil pessoas, Padre Marcelo não registrou queixa contra agressora

Uma mulher empurrou o Padro Marcelo, durante missa que ele celebrava em Cachoeira Paulista, no interior de São Paulo, derrubando-o do palco. O religioso não teve ferimentos. Os motivos do atentado ainda estão sendo investigados pela polícia. A mulher a segurança do palco, correu em direção ao padre e o empurrou com força, a ponto de ele cair da estrutura. O público da celebração comandada pelo padre foi estimado em 50 mil pessoas. A missa marcava o encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’.

Ao voltar ao palco, o padre Marcelo afirmou que não faria queixa policial contra a agressora.