Empresário não identificado vai pagar restauro do Borba Fato; mede de represálias após incêndio em estátua de caçador de negros e índios

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou nesta segunda-feira, 26, que a estátua a Borba Gato será restaurada, com os custos pagos por um empresário de identidade não divulgada.

Criticado por homenagear um bandeirante que ‘caçava’ indígenas e escravos negros, o monumento foi incendiado no sábado, 24, por cerca de 20 pessoas.https://f6af1466a2f93455a8a613a8ab1322d5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O grupo ateou fogo a pneus dispostos na base da estátua, localizada no distrito de Santo Amaro, na zona sul paulistana. Imagens da ação foram publicadas no perfil ‘Revolução Periférica’, nas quais pessoas aparecem com uma faixa com a frase “A favela vai descer e não será Carnaval”.

https://www.instagram.com/tv/CRuHe1iHqJT/embed/captioned/?cr=1&v=13&wp=594&rd=https%3A%2F%2Fwww.terra.com.br&rp=%2Fnoticias%2Fbrasil%2Fcidades%2Fempresario-vai-pagar-restauro-de-borba-gato-diz-prefeito%2Cc8d383a7e0252148e78130a884de7d0du2niqr9b.html#%7B%22ci%22%3A0%2C%22os%22%3A1016.4000000953674%2C%22ls%22%3A627%2C%22le%22%3A917.6000000238419%7D

O motorista de caminhão que teria transportado os pneus até o local chegou a ser detido no domingo, 25, por policiais do 11º DP. “As investigações seguem para identificar e responsabilizar os demais envolvidos no caso”, informou a Secretaria da Segurança Pública (SSP) em nota.