No confessionário do Twitter, líder de Bolsonaro admite: “Base do governo simplesmente não existe. É a realidade”

BR: A emoção transparece em cada palavra. Alguém pode ter vontade de chorar. Os adversários, de rir. Mas se você fizer como o presidente Jair Bolsonaro e der um voto de confiança ao deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), que ele escolheu como líder do governo na Câmara, o mais certo é ficar preocupado.

Neste sábado 20, pelo Twitter, o líder Vitor Hugo mostrou em suas próprias palavras que o governo “simplesmente” não tem base no Congresso, o que significa que os projetos oficiais, a começar pelo da reforma da Previdência, tem um destino incerto.

Acompanhe o dizer do Major Vitor Hugo:

“Tenho recebido críticas de pessoas que não sabem do contexto, nem das orientações que recebo do presidente; não me conhecem e não sabem de onde eu vim; não têm a mínima noção das estratégias.”

“As eleições foram atípicas: dois partidos nanicos, rompendo os demais, elegeram um presidente honesto, cristão e patriota. Não houve loteamento de ministérios, acertadamente. Disso tudo, não resultou uma base. Ela simplesmente não existe. É a realidade.”

“O PSL, meu partido, mas do qual não sou líder, é tb o d Presidente. Não faz sentido não ser a pedra angular d futura base. Atravessando obstáculos, temos buscado união e ação conjunto, mas precisamos avançar muito mais rápido. Sei disso e concordo c as críticas nesse sentido.”

“Peço confiança e apoio de vcs. Sou militar da reserva, tendo servido + 10 anos no contraterrorismo, Forças Especiais/EB. Sou tb advogado e fui o 1º lugar no BR no concurso Câmara dos Deputados 2014, na área de Def Nac e Seg Pub. Sei o que estou fazendo e estou alinhado com o 01.” fffff