Em cima do muro; Prefeitura de SP condiciona Carnaval a “quadro epidemiológico da pandemia”; chance alta de cancelamento

A gestão municipal da cidade São Paulo informou nesta sexta-feira (26) que planeja o tradicional réveillon 2022 na Avenida Paulista, mas que ele está condicionado ao “quadro epidemiológico da pandemia”. Na quarta-feira (24), a capital paulista ultrapassou a marca de 100% da população adulta com o esquema vacinal completo contra a Covid-19.

“A Prefeitura de São Paulo informa que o réveillon já está sendo planejado e a realização do evento está condicionada ao quadro epidemiológico relativo à pandemia de Covid-19 e entendimento das autoridades de saúde pública e sanitárias”, disse em nota a gestão Ricardo Nunes (MDB) por meio da SPTuris.https://852e47ad9d8fc8e1a32e0f43527afc48.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A festa foi cancelada pela gestão municipal em 2021 por conta da pandemia. Já em julho deste ano, quando a ocupação dos leitos de UTI da capital estava em 62% e a população eletiva vacinada estava na casa dos 56%, o evento era tratada como viável.

Até quinta-feira (25), a taxa de ocupação nas UTIs estava em 27%, e a capital paulista ultrapassou a marca de 100% da população adulta com o esquema vacinal completo contra a Covid-19.

Entre os adolescentes de 12 a 17 anos, contudo, a segunda dose foi aplicada em 46,9% do grupo, e nesta tarde a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a B.1.1.529 como uma “variante de preocupação”.