Dispara número de mortes por Covid-19 no Brasil: 383 óbitos em 24 horas; 2.845 mortes no total, com 40.581 casos confirmados; letalidade sobe para 7%; País sem plano unificado de combate ao mal

O Ministério da Saúde atualizou, nesta segunda-feira (20), o número de casos confirmados e mortos causados pela pandemia do novo coronavírus no Brasil. Até o momento, são 2.845 óbitos registrados e 40.581 casos confirmados. A taxa de letalidade da doença é de 7%.

Em 24 horas, 383 novos óbitos foram registrados. Do total de óbitos decorrentes da doença, São Paulo bateu a marca de mil óbitos, com 1.307 registros em todo o estado, além de 14.580 casos confirmados. Em segundo lugar está o Rio de Janeiro, com 422 mortes e 4.899 casos.

Reprodução

Quarentena estendida

A fim de conter o avanço da doença, o governo de São Paulo ampliou a quarentena no estado até o dia 10 de maio. Segundo o governador João Doria, “Nenhuma aglomeração de nenhuma espécie em nenhuma cidade ou área do estado de São Paulo será admitida. As Guardas Municipais ou Metropolitanas deverão agir”, afirmou.

Situação no mundo

O novo coronavírus já infectou mais de 2,4 milhões de pessoas em todo o mundo, um marco alcançado apenas cinco meses depois de ter surgido na cidade chinesa de Wuhan. O número de pessoas mortas pela doença superou a marca de 167 mil mundialmente. Mais de 639 mil pessoas se recuperaram da doença.

Impacto regulatório

A InteliGov, startup de monitoramento parlamentar, criou um site com monitoramento automático e parametrizado do Diário Oficial da União e do Legislativo (federal, estadual e municipal) em tempos de crise. Nele, é possível ver todas as menções à Covid-19 no Diário Oficial da União (DOU).

Pioneira na automação do monitoramento de informações governamentais, a InteliGov usa sua tecnologia para atualizar automaticamente as informações a cada hora, no caso do DOU, e diariamente, quanto às iniciativas do Legislativo.

Todo material disponível é gratuito, e dividido em duas categorias: ‘publicações na imprensa oficial’ e ‘proposições legislativas’.