Dino acerta Moro em cheio: “Juiz sem moral para falar em democracia”

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSD), disse no domingo (21.nov.2021) que Sergio Moro (Podemos) é “politiqueiro e parcial” e que “não tem autoridade moral para falar em democracia”. A afirmação foi em resposta a Moro, que escreveu em seu Twitter horas antes que “não dá para flertar com o autoritarismo”, referindo-se ao ex-presidente Lula (PT).

“‘Não dá para flertar com o autoritarismo’, diz o ex-juiz que prendeu ilegalmente Lula e depois foi ser ministro do presidente de extrema-direita. E de lá só saiu depois de humilhado e expurgado. Juiz politiqueiro e parcial não tem autoridade moral para falar em democracia”, disse Dino.

Na tarde de domingo (21.nov), Moro usou a rede social para repercutir falas de defesa do ex-presidente Lula sobre o governo cubano em entrevista ao jornal espanhol El PaísPara Moro, o elogio às eleições na Nicarágua, a minimização da repressão contra os protestos em Cuba e as críticas aos Estados Unidos, são flertes com o autoritarismo praticado pelo Partido dos Trabalhadores.