Desemprego entrou nas conversas de Bolsonaro com chefes de partidos; mais 6 estarão com ele na próxima semana

BR: Enquanto se desculpava pela expressão ‘velha política’, o presidente Jair Bolsonaro ouviu apelos ontem, no Palácio do Planalto, durante as reuniões em separado com presidentes de seis partidos políticos, para que seu governo adote medidas contra o desemprego.

Todos os chefes das legendas recebidos por Bolsonaro – PRB, PSD, PSDB, PP, DEM e MDB – apontaram a importância de um ataque emergencial ao desemprego.

Na próxima semana, mais seis presidentes de partidos serão recebidos pelo presidente. O movimento faz parte do esforço pessoal dele para a aprovação da reforma da Previdência pelo Congresso. Diante dos últimos dados sobre a falta de trabalho entre a população, Bolsonaro optou por criticar o método de aferição do IBGE. fff