Depois de ter Ciro e Cafarelli, Steinbruch contrata Perillo para avançar nos negócios; lobby político impressiona

A CSN, do empresário Benjamin Steinbruch, contratou a consultoria do ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), para explorar novos investimentos para o grupo. Perillo, que chegou à companhia em novembro, está negociando a criação de um polo industrial e comercial na região de Volta Redonda (RJ), onde a siderúrgica tem vários terrenos, e está em busca de um local para construir sua nova fábrica de cimento.

Nos últimos anos, Steinbruch tem se cercado de ex-integrantes de governos para ajudar o grupo a expandir seus negócios. Ciro Gomes (PDT), que concorreu à presidência no ano passado, foi responsável pelo projeto da Transnordestina, entre 2015 e 2016. Ele saiu para dar início à campanha, mas o posto foi assumido pelo economista Pedro Brito, ex-ministro da Secretaria Nacional dos Portos do governo Lula.

Na mesma época, Paulo Caffarelli, ex-secretário da Fazenda e ex-BB, foi contratado para assumir a diretoria financeira e relações com o mercado da companhia. No cargo, Caffarelli ajudou a renegociar as pesadas dívidas da siderúrgica com os bancos públicos.

Pessoas a par do assunto afirmam que Perillo – nas últimas três décadas à frente de mandatos públicos – quer construir uma carreira executiva e deixar a vida política.

O fato de Perillo ser alvo na Lava Jato não preocupa a CSN, uma vez que o ex-governador presta serviços como consultor, sem ser funcionário direto do grupo. :’