Datafolha: admiração a Moro cai de 59% para 52% após vazamentos revelados pelo The Intercept; 38% acham que ele deveria deixar Justiça

BR: Arranhou. O escândalo das trocas de mensagens fora dos autos dos processos da operação Lava-Jato, entre o então juiz Sergio Moro e o coordenador da força-tarefa Deltan Dallagnol, não derrubou do cargo, como aconteceria em qualquer país civilizado, mas tisnaram a imagem pública do atual ministro da Justiça.

A aprovação a Moro recuou de 59%, em abril, para 52% agora, em medição divulgada neste sábado 6 pelo Instituto Datafolha. A pesquisa apontou que 38% do público acredita que os vazamentos são motivo suficiente para Moro deixar o cargo.

Ou seja, Moro continua forte em nível popular, mas um tanto menos do que antes.