Comando do PSDB dá até o final de abril para Doria ultrapassar Moro; em caso negativo, candidato pode ser abandonado pelo partido

João Doria venceu as prévias do PSDB e se tornou oficialmente pré-candidato do partido. A direção da sigla parabenizou o governador de São Paulo, mas já estipulou a primeira meta para ele. O empresário tem até o fim de abril para passar Sergio Moro nas pesquisas.

Conforme apurou o DCM, a direção da legenda demonstrou pouco otimismo com uma virada nas pesquisas. Na opinião dos dirigentes, nenhum nome é capaz de liderar a chapa da terceira via. O máximo que podem alcançar é uma vaga como vice. A cúpula tucana tem certeza que Sergio Moro é quem vai ter maior força para tentar tirar Bolsonaro do segundo turno, caso Lula não vença no primeiro.

Porém, Doria avisou que não vai abrir mão da sua candidatura tão fácil. Destacou que venceu todas as eleições que entrou na briga. E quem, apesar de ter muito respeito pelo ex-juiz, tem certeza que seu nome irá ser o mais forte entre os pré-candidatos da centro-direita.