Com rumor de CPI da Lava-Jato, Moro pede em carta para depor na CCJ do Senado; vai dizer que não viu nada demais?

O ministro da Justiça, Sergio Moro, vai depor na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) na próxima semana. A audiência foi marcada para a quarta-feira, 19.

Depois do acordo entre o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e os líderes da oposição, a data foi agendada.

“Ele escreveu uma carta se colocando à disposição e nós aceitamos ouvi-lo na próxima semana”, diz o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), segundo a Folha de São Paulo.


Moro vai falar sobre o escândalo das mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil. Onde, o ex-juiz aparece dando pistas, conselhos, indicando testemunhas e até antecipando decisões para procuradores da Operação Lava Jato.

Após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, para ir ao Senado, onde deixou carta com o pedido para ser ouvido, já aceito. A passagem do ministro despertou a maioria dos jornalistas que cobrem o Senado.

Assista:

h