Ciro tenta dividir petistas e diz que Lula “conspirou” para impeachment de Dilma

Para atacar Lula, Ciro Gomes criou uma nova teoria: o ex-presidente teria conspirado para o golpe de Dilma Rousseff. Em entrevista ao podcast Estadão Noticias, ele argumentou que o petista esteve “ao lado” de Renan Calheiros e Eunício Oliveira, que votaram a favor do impeachment.

“Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?”, afirmou. “Hoje eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”, prossegue.

Ainda diz que que na eleição de 2018, Lula estava com Renan Calheiros. À época, relata, o irmão Cid Gomes ironizou: “Será que esses caras querem impedir o impeachment?”.