Carluxo segue publicando tuítes em nome do pai; mensagem sobre “pressa em obter uma vacina” partiu dele, e não de Bolsonaro

Uma publicação feita no Twitter de Jair Bolsonaro mostrou que o vereador e filho do presidente, Carlos Bolsonaro, faz postagens em nome do pai. Neste domingo (27.dez.2020), o mandatário do país postou um texto afirmando que o governo tem “pressa em obter uma vacina, segura, eficaz e com qualidade, fabricada por Laboratórios devidamente certificados” contra a covid-19.O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro durante evento no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), realizado em março© Sérgio Lima/Poder360 O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro durante evento no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), realizado em março

A publicação foi feita um dia depois de o presidente dizer que não se sente pressionado para começar a imunização contra a doença causada pelo novo coronavírus que, só no Brasil, já matou 190.795 pessoas. A postagem, no entanto, informou mais: ao compartilhar uma “foto” da postagem feita no Facebook no Twitter, revelou que havia sido feita por Carlos.© Fornecido por Poder360

O tuíte foi apagado e refeito. Desta vez, com a identificação apagada.© Fornecido por Poder360

Em depoimento à PF (Polícia Federal) em setembro, o vereador carioca disse que não participa da elaboração da comunicação do governo federal. Disse que apenas ajuda na divulgação do que foi feito pela equipe, reproduzindo o conteúdo em seus perfis nas redes sociais e nos do pai.

Ele foi ouvido na condição de testemunha no inquérito que apura a organização e o financiamento de atos contra o Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal).Publicidadex

Durante a campanha presidencial de 2018, Carlos atuava na comunicação do pai. Depois, afastado da função, criticou a atuação da equipe que assumiu a tarefa.