Calado sobre outras mortes, Bolsonaro se derrama por falecimento de Olavo de Carvalho; “Gigante”, escreve presidente; “Farol para milhões”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) prestou uma homenagem ao escritor Olavo de Carvalho na madrugada desta 3ª feira (25.jan.2022). O guru bolsonarista morreu na 2ª feira (24.jan), aos 74 anos, na Virgínia, nos Estados Unidos.

Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o Filósofo e Professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Olavo foi um gigante na luta pela liberdade e um farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre”, escreveu o chefe do Executivo em suas redes sociais.

Que Deus o receba na sua infinita bondade e misericórdia, bem como conforte sua família”, completou o presidente.© Fornecido por Poder360Formulário de cadastroPoder360 todos os dias no seu e-mailconcordo com os termos da LGPD.

Olavo foi diagnosticado com covid-19 em meados de janeiro. No dia 15, cancelou as aulas no curso virtual que ministra. Estava hospitalizado.

Um dos principais apoiadores de Bolsonaro nas eleições de 2018, o escritor afirmou que votaria novamente no presidente em 2022 “por falta de alternativas”. Olavo apontava falhas de Bolsonaro na “luta anticomunista” e afirmava que mais um mandato não ajudaria a ala ideológica.