Brasil armado: decreto libera uso pistolas restritas às Forças Armadas para uso de cidadãos comuns

O decreto das armas, assinado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, dá acesso a qualquer cidadão com porte de arma a pistolas que antes eram de acesso restrito às Forças Armadas e policiais. Pistolas curtas de 9 milímetros, por exemplo, agora terão sua compra liberada pelo público. O decreto permite também que caminhoneiros passe a portar armas em seus veículos.
Segundo a nova definição estabelecida pelo governo, armas de fogo classificadas como “curtas” e que usem munição comum, como as pistolas .40, .45 e 9mm podem ser compradas e carregadas por todos os cidadãos com porte. Até agora, essas armas estavam listadas em regulamento do Exército como de uso restrito, ou seja, apenas algumas poucas categorias profissionais poderiam portá-las.