Em Curitiba, Bolsonaro confirma que será candidato à presidência. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) confirmou que tem a intenção de ser o próximo presidente do Brasil, com projeto político voltada para a direita. Ele participou na manhã desta sexta-feira (4) do 1.º Seminário das Guardas Municipais na Assembleia Legislativa, em Curitiba. Bolsonaro migrou, recentemente, do Partido Progressista (PP) para o Partido Social Cristão (PSC) . “Mudei de partido com a intenção de ser candidato a presidente. Hoje, as pesquisas me dão 2% de intenção de voto e como nunca fui candidato a nada no Executivo fico abaixo de outras pessoas. Minha posposta é completamente diferente. É a uma proposta à direita”, revelou. Bolsonaro ainda comentou sobre a questão do armamento e defendeu que todo cidadão possa ter porte de arma de fogo. “Eu defendo que o proprietário rural possa ter um fuzil na sua propriedade como cartão de visita aos marginais do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra]. Só dessa forma podemos nos defender. Duvido que uma mulher armada seja estuprada por um canalha qualquer”, afirma.

Bolsonaro só pensa naquilo: reeleição em 2022

BR: Já está nas vitrines: o presidente Jair Bolsonaro pensa mesmo em tentar a reeleição, em 2022. Mais que isso, considera bastante viável sua vitória, ainda que preciso, primeiro, aprovar a reforma da Previdência.

Os cálculos de Bolsonaro já estão tão avançados que ele já aponta quem será seu principal adversário: João Doria, o governador de São Paulo.