Bolsonaro sem vacina promete ir a guerra na ONU; ministro do Turismo fala em “constantes ataques da mídia nacional e internacional”; vexame à vista

O ministro do Turismo, Gilson Machado, publicou vídeo neste sábado (18.set.2021) ao chegar em Nova York, nos Estados Unidos, para participar da 76ª Assembleia Geral da  ONU (Organização das Nações Unidas) junto com comitiva brasileira. Disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro vem sendo alvo de “constantes ataques por parte da imprensa nacional e internacional”, e, segundo ele, este será o momento para “mostrar a realidade dos fatos” ao mundo.O ministro do Turismo, Gilson Machado, chegou em Nova York neste sábado (18.set.2021) para acompanhar comitiva brasileira na Assembleia Geral da ONU© |Reprodução/Instagram O ministro do Turismo, Gilson Machado, chegou em Nova York neste sábado (18.set.2021) para acompanhar comitiva brasileira na Assembleia Geral da ONU

“Nosso país tem sofrido constantes ataques por parte da imprensa nacional e internacional, e nada mais democrático do que ter a atenção do mundo para mostrar a realidade dos fatos e reforçar tudo que tem sido feito pelo Brasil”, disse.

“Somos o país mais democrático da América Latina e mais preservado do mundo. Nada se compara ao Brasil”, afirmou.https://www.youtube.com/embed/K-8T1sTVWqE?autoplay=0&showinfo=1&wmode=opaque&modestbranding=1&enablejsapi=1&fs=1&rel=0&origin=https%3A%2F%2Fwww.msn.com&widgetid=1Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de PrivacidadeTermos)

O presidente Jair Bolsonaro participará na Assembleia Geral deste ano presencialmente, mas ainda está no Brasil. Irá embarcar para Nova York no domingo (19.set.2021). Fará o seu 3º discurso no evento desde que a assumiu a Presidência, em janeiro de 2019. A abertura do debate geral dos chefes de Estado e de governo será na próxima 3ª feira (21.set.2021).

O presidente deve ser o 1º a discursar. Desde a 10ª Assembleia Geral, em 1955, o chefe do Executivo brasileiro só não foi o 1º a usar a palavra em duas ocasiões: em 1983 e 1984.