Bolsonaro recua de grosseria completa contra Argentina e despacha Mourão para posse de Fernández, em Buenos Aires

O presidente Jair Bolsonaro decidiu, na tarde desta segunda-feira (9), enviar o vice-presidente Hamilton Mourão à posse do presidente eleito Alberto Fernández, e da vice-presidente eleita, Cristina Kirchner, que acontece amanhã (10) em Buenos Aires. Mourão embarca já na noite desta segunda. 

Bolsonaro havia anunciado que não iria à posse e também havia cancelado a ida do ministro da Cidadania, Osmar Terra, como seu representante. O presidente brasileiro apoiava Maurício Macri, que foi derrotado, e lamentou a volta dos peronistas ao poder no país vizinho.