Bolsonaro passa a seguir general Mourão no Twitter para não perder vice de vista

O presidente Jair Bolsonaro não quer mesmo perder de vista nenhuma dos movimentos e declarações de seu vice, o general Hamilton Mourão. Sempre rápido e posicionando-se a respeito de todos os assuntos oficiais, Mourão tem ocupado um espaço na mídia que vai desagradando ao chefe, cujos recados pelo recolhimento do general não têm sido atendidos.

Nessas circunstâncias, Bolsonaro rendeu-se aos fatos e escolheu uma tática que um dos maiores estrategistas militares da história, o chinês Mao Tsé-Tung, líder da Grande Marcha, que resultou na revolução comunista da China, ensinou: “Mantenha-se o mais perto possível de seu inimigo. Assim, você saberá o que ele está fazendo”.Neste domingo 10, Bolsonaro passou a seguir o general Mourão no Twitter. Desse modo, como ensinou Mao, o presidente conhecerá na mesma hora todos os pensamentos que o vice estará expressando por esta rede social.

Em tempo: o general Mourão já era seguir do capitão Bolsonaro no Twitter.

Um olho no gato, outro na frigideira!