Bolsonaro parte para o messianismo: “Eu estou pedindo um dia de jejum, para que o Brasil fique livre desse mal”

BR: Na longa entrevista que concedeu ontem à rádio Jovem Pan, o presidente Jair Bolsonaro revelou estar articulando com chefes de igrejas a realização de um dia de jejum contra o coronavírus.

“Eu sou católico, a minha esposa é evangélica. É um pedido dessas pessoas. Eu estou pedindo um dia de jejum, para quem tem fé. Então a gente vai brevemente, junto com pastores, padres, etc., religiosos, anunciar aí, pedir um dia de jejum para todo o povo brasileiro, em nome obviamente de que o Brasil fique livre desse mal o mais rápido possível”, disse.

Agora vai?