Bolsonaro fala sobre como vê seu futuro: “Estar preso, estar morto ou a vitória”; algo do tipo ‘topo tudo pelo golpe’

Afirmação foi dada durante 1° Encontro Fraternal de Líderes Evangélicos de Goiás. Sem máscara, presidente causou aglomeração ao participar do evento, em Goiânia.

Por Millena Barbosa, G1 GO

28/08/2021 12h55  Atualizado há 30 minutos


Sem máscara, Bolsonaro causa aglomeração ao participar de evento em igreja de Goiânia
https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.477.1_pt_br.html#goog_199434383400:00/01:34

Sem máscara, Bolsonaro causa aglomeração ao participar de evento em igreja de Goiâniahttps://ec82eaa31c67ac619a2ef6d89f6a18b5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, na manhã deste sábado (28), durante o 1° Encontro Fraternal de Líderes Evangélicos de Goiás, que tem três alterativas para o futuro: estar preso, morto, ou obter “vitória”. Sem máscara, ele causou aglomeração ao cumprimentar apoiadores na porta da igreja, em Goiânia.

“Eu tenho três alternativas para o meu futuro: estar preso, estar morto ou a vitória. Pode ter certeza que a primeira alternativa não existe. Estou fazendo a coisa certa e não devo nada a ninguém. Sempre onde o povo esteve, eu estive”, afirmou.

A declaração de Bolsonaro ocorre em meio a um momento de crise para o governo e para o presidente.

Do ponto de vista judicial, Bolsonaro é investigado em cinco inquéritos, que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Um deles, no STF, o chamado inquérito das fake news, investiga um esquema de disseminação sistemática e organizada de informações falsas com o objetivo de fragilizar as instituições e a democracia.