Bolsonaro diz ao PR que pode deixar o PSL para disputar a reeleição em 2022

Em reunião com líderes do PR na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que, se vier a disputar a reeleição em 2022, não será pelo PSL.

Em seu desabafo, relatado por dois participantes da conversa ao jornal O Globo, o presidente afirmou que “não dava para continuar no partido” e que seria “muita confusão” para administrar.

Bolsonaro teria também detalhado a quais “confusões” se referia, mencionando o escândalo das candidaturas-laranja, investigado pelo Ministério Público.