Bolsonaro avança em guerra mundial na qual Brasil só tem a perder

O governo brasileiro escolheu a Amazônia para debater com o mundo… e perder.

Se tem algo popular para toda a população mundial é a defesa da Amazônia contra seus potenciais destruidores. O governo e Bolsonaro escolheram o lado da motosserra e dos agrotóxicos.

Ontem, o ministro do meio ambiente resolveu abrir guerra contra a Noruega, a maior contribuinte para o Fundo em defesa da Amazônia.

Ao se confrontar com Lula, Amazônia, índios, minorias e maiorias, o governo está construindo com sucesso a imagem de vilão internacional.

Só falta o Bolsonaro brigar com o Pelé.