Bolsonaro agrada Alcolumbre com cargos no Cade para, em troca, aprovar filho 03 embaixador do Brasil nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro fará a indicação de quatro nomes para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) nos próximos dias e cedeu ao presidente do SenadoDavi Alcolumbre (DEM-AP), a escolha de dois dos conselheiros. A informação está na edição impressa desta terça-feira 6 da Folha de S. Paulo. O movimento ocorre no momento em que o Senado assume a condução da reforma da Previdência e se prepara para a sabatina do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), indicado pelo pai para ocupar o posto de embaixador do Brasil nos EUA.

Além de um aceno para Alcolumbre, que barrou medidas importantes do governo no Senado no primeiro semestre, Bolsonaro também visa enfraquecer o ministro da Justiça, Sergio Moro, e dar um recado para a Esplanada de que está assumindo o comando do governo.