Atividade econômica em fevereiro tem maior contração em 9 meses, aponta BC

BR: A atividade econômica no Brasil sofreu uma queda de 0,73% no mês de fevereiro em relação a janeiro, na maior retração dos últimos noves meses. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) foi divulgado nesta segunda-feira 15, devendo se refletir em todas as expectativas de crescimento para 2019. O indicador é considerado uma prévia do resultado do PIB no período analisado.

De previsões de até 2,7% de elevação do PIB este ano, feitas no final do ano passado, os números do mercado já convergem para pouco mais de 1%.

Em janeiro, o BC já havia registrado um recuo de 0,31% na atividade econômica em relação a dezembro. Ao revisar os dados, a autoridade monetária aumentou o índice negativo para 0,41%.

Em nota, o Bradesco afirmou que “indicadores de atividade econômica conhecidos até o momento seguem sugerindo uma leve queda de 0,1% no PIB no primeiro trimestre deste ano”.

Na comparação com fevereiro de 2018, o IBC-Br apresentou crescimento de 2,49% e, no acumulado de 12 meses, teve alta de 1,21%. A atividade industrial em fevereiro mostrou alguma recuperação ao avançar 0,7% sobre o mês anterior, devolvendo as perdas registradas em janeiro.