Até Ivete Sangalo, ‘isentona’, agora abandona Bolsonaro: “Não me representa”

decidiu se manifestar contra o governo de Jair Bolsonaro após ser alvo de críticas na web. Nesta terça-feira (22), a cantora foi às redes sociais dizer que o atual governo não a representa, além de mostrar o que realmente pensa.

Por meio de seu perfil no Instagram, Ivete se posicionou depois de receber cobranças na web, onde foi acusada de ser “isentona” por não se posicionar. Em seu texto, ela afirmou que jamais apoiou o governo Bolsonaro, o qual ela afirma que nunca a representou.PUBLICIDADEhttps://8dabb7a38a567209bc93028a2873df69.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“Meus ‘zamuris’, entendo o quão necessário é nesse momento não estabelecer dúvidas sobre o que acredito. Esse governo que aí está não me representa nem mesmo antes da ideia dele existir, afirmou a artista.

Em seu discurso, Ivete deixou claro que a única forma de resolver o problema é pela força da união nas próximas eleições presidenciais, em 2022. Ela ainda pediu que as pessoas se unam para se proteger da pandemia de covid-19 em meio à desorganização do governo.

E isso vamos resolver quando unirmos forças nas próximas eleições através do poder do voto. Agora vamos nos unir em prol do que podemos fazer nos nossos espaços para driblar essa desorganização que são: o uso de máscaras, higienização, vacinas e o que mais necessário for”, disse.