Argentinos convocam protesto contra Bolsonaro durante visita a Buenos Aires, na quinta: “Teu ódio não é bem-vindo aqui”

BR: Os argentinos estão sendo convocados a se manifestarem contra a presença do presidente Jair Bolsonaro, que estará em Buenos Aires na quinta-feira 6, em ato marcado para a mesma data, na Plaza de Mayo, palco histórico de atos políticos na capital do país vizinho. Partidários da ex-presidente Cristina Kirchner estão especialmente motivados na convocação e participação no evento, agendado como resposta aos ataques de Bolsonaro contra a ex-presidente e atual candidata a vice nas eleições presidenciais marcadas para outubro.

O presidente brasileiro tem dito que se preocupa com a volta ao poder de Cristina, o que, segundo ele, levaria o país vizinho a uma situação econômica de caos como a da Venezuela. Ele declarou simpatia ao presidente Maurício Macri, com quem terá reunião de trabalho.

Como já acontecera no Chile, opositores do governo e militantes de esquerda estão dispostos a levar bonecos, cartazes e palavras de ordem para associar Bolsonaro a bandeiras e personagens da extrema-direita.