Após dirigir Rolls Royce no 7 de setembro, Piquet se declara a Bolsonaro; “Ele é a salvação do Brasil”

O ex-piloto Nelson Piquet voltou a defender publicamente Jair Bolsonaro. No dia 7 de setembro ele dirigiu o carro da presidência, durante o desfile do presidente em Brasília. E agora disse que o político é a “salvação do Brasil”.

Piquet ignorou suspeitas de corrupção no governo e na família de Bolsonaro, afirmando que o presidente é um exemplo de combate à corrupção.

“Eu sou fã dele por parar com essa roubalheira incrível que tem no país. Hoje, você enxerga isso. A imprensa não fala nada disso. Fiquei fã dele. Eu o conheci, ele me convidou para almoçar e a gente se deu bem. Nunca me envolvi em política na vida, hoje sou Bolsonaro até a morte. Se a gente não ajudar ele, se o povo não ajudar ele, eu acho que ele é a salvação do Brasil”, afirmou Piquet durante o programa Agora com Lacombe, da Rede TV.

Piquet disse que Bolsonaro trabalha para melhorar o país, mas não destacou qualquer ação concreta e específica do presidente.

“Está todo mundo unido para tentar resolver os problemas, com o povo unido. É impressionante o que ele está passando e tudo que está fazendo para o Brasil. Impressionante também os esquerdistas falarem todos os dias uma mentira diferente, mas a verdade sempre prevalece”, concluiu o ex-piloto.