Após bombardeio da oposição sobre Guedes, Bolsa cai 0,94% e dólar sobe 0,54%, a R$ 3,87

O mercado financeiro inverteu a tendência positiva que vinha apresentando no início do dia, com as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. O Ibovespa, principal índice do mercado de ações brasileiro, fechou em queda de 0,94% aos 94.491 pontos depois de ter operado a maior parte da manhã no patamar dos 96 mil pontos. No final da sessão, o Ibovespa perdeu 1,5 mil pontos. O dólar comercial, que operou em queda pela manhã, encerrou a sessão em alta de 0,54%, negociado a R$ 3,87.

Segundo especialistas, a fala do ministro não trouxe novidades e o bate boca com deputados da oposição acabou deixando os investidores nervosos. Assim, muita gente aproveitou para embolsar os ganhos recentes. O ministro Paulo Guedes foi defender o texto da reforma da Previdência enviado pelo governo à Câmara.

Já era esperado que a oposição faria um bombardeio do projeto. Mas o que o ministro falou é mais do mesmo, sem novidades. Portanto, não havia razão concreta para que o Ibovespa subisse mais hoje. O índice saltou de 91 mil pontos, na semana passada, para 96 mil e muita gente realizou lucros hoje — disse Luiz  Roberto Monteiro, lembrando que a CCJ não discute o mérito do projeto, mas apenas se há algo inconstitucional na proposta.