Após 50 minutos com Guaidó, Bolsonaro faz ‘mea culpa’, mas põe crise da Venezuela na conta de Lula e Dilma

BR: Após receber o autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar diretamente com os jornalistas – havia feito isso durante o café-da-manhã, nesta quinta-feira 28 – e culpou, ao menos em parte, os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff pela crise no país vizinho:

“Faço uma mea culpa porque dois ex-presidentes do Brasil foram parte do que acontece na Venezuela hoje em dia. Como pode um país rico, próspero, com um povo maravilhoso também, chegar a essa situação em que chegou?”, disse Bolsonaro. “Essa esquerda gosta tanto de pobres que acabou multiplicando-os. Queremos uma igualdade por cima”, afirmou.