Ainda sem cronograma definido, governadores se reúnem com Pazuello para ter notícias de vacinação contra Covid; governo federal de má vontade

Governadores foram ao Palácio do Planalto nesta terça-feira (8) para uma reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sobre a vacinação contra a Covid-19 no país. Outros governadores participaram por videoconferência. Até a última atualização desta reportagem, a reunião ainda não havia terminado.

Entre os governadores que foram ao Planalto presencialmente estavam: Wellington Dias (PT), do Piauí; Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte; Paulo Câmara (PSB), de Pernambuco; Gladson Cameli (PP), do Acre; Helder Barbalho (MDB), do Pará; e Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás.

Em entrevista antes do encontro, os governadores destacaram a necessidade de definir, junto com o governo federal, um cronograma para vacinação contra Covid-19.

Também nesta terça, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou uma nota reivindicando que o governo federal adquira todas as vacinas reconhecidas como seguras e eficazes contra a doença e organize a distribuição por todo o país. Pedido semelhante ao feito por secretários de Saúde.

As cobranças de estados e municípios para que o governo do presidente Jair Bolsonaro apresente um planejamento detalhado do plano nacional de imunização contra a Covid-19 vem aumentando nos últimos dias.

Até agora, o governo divulgou uma estratégia preliminar, dividida em quatro etapas. Em cada etapa, vai ser vacinada uma parcela diferente de categorias consideradas mais vulneráveis ou expostas ao coronavírus.

O Ministério da Saúde informou que a expectativa é imunizar 109,5 milhões de pessoas em 2021.