Absorventes tomam fachada da Embaixada do Brasil em Paris; “Fora Bolsonaro”; protesto de grupos de resistência

Membros de diversos grupos de resistência fizeram, neste domingo (10), uma intervenção na fachada da embaixada brasileira em Paris contra o veto de Jair Bolsonaro à distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda. Nas grades do imóvel foram amarrados centenas de absorventes higiênicos, com as palavras de ordem “As mulheres vão te derrubar”; “Fora Bolsonaro”, “Genocida”, “600 mil mortos”, “Mais saúde”, entre outras frases escritas em vermelho, em ambos os idiomas. De acordo com os coletivos Alerta França Brasil/MD18 e Ubuntu Audiovisual, a iniciativa de Bolsonaro foi uma “tentativa de atacar a dignidade da população feminina mais vulnerável”.

“Cerca de 5 milhões de brasileiras estiveram ameaçadas de perder o acesso a um dos itens básicos da higiene feminina”, destacaram as duas entidades. “Deixou de novo patente a falta de empatia e sensibilidade de um governante cruel e mesquinho, que despreza as mulheres”, complementaram.

“Com isso denunciamos a misoginia de quem ocupa a cadeira da presidência e, ao mesmo tempo, reforçamos nossa solidariedade às mulheres que poderão ser afetadas, caso o levantamento do veto seja apenas mais uma bravata e não se concretize”.