Caged surpreende e aponta saldo de 401 mil empregos formais em fevereiro; mercado previa 250 mil

Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) deram um ânimo para os investidores na manhã desta terça-feira (30/30). 

O órgão divulgou que, em fevereiro, o país teve um saldo positivo de 401 mil vagas de emprego. O mercado projetava cerca de 250 mil.

De acordo com o relatório divulgado pelo Caged, o saldo foi resultado de 1.694.604 admissões e de 1.292.965 desligamentos. 

No acumulado do ano de 2021, foi registrado saldo de 659.780 empregos, decorrente de 3.269.417 admissões e de 2.609.637 desligamentos (com ajustes até fevereiro de 2021). 

caged imagem

Em fevereiro houve geração de empregos nos cinco grupamentos de atividades econômicas. Serviços gerou 173.547 postos, a Indústria geral gerou 93.621
postos, o Comércio 68.051 postos a Construção, 43.469 postos e a Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura gerou 23.055 postos.

Das regiões do Brasil, o Sudeste foi a que apresentou o melhor resultado, com mais de 800 mil admissões, seguida pelo Sul com mais de 600 mil, o Nordeste com mais de 200 mil, o Centro-Oeste com mais de 100 mil e, por último, o Norte com mais de 60 mil.