42% X 35%; PoderData mostra Lula com alta de 1 ponto e Bolsonaro com perda de outro

 presidente Jair Bolsonaro (PL) caiu no novo levantamento após um período de escalada nos números. É o que diz a pesquisa da Poder Data divulgada nesta quarta-feira (11). Por conta disso, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a distância de sete pontos percentuais para seu principal adversário, indica o levantamento.

Segundo os dados do Poder Data, Lula tem 42%, um crescimento de 1 ponto percentual em relação a quinze dias atrás, quando ele aparecia com 41%. Já Bolsonaro ficou com 35%, tendo a mesma queda, uma vez que ele tinha 36% no levantamento do mês de abril feito pelo mesmo Instituto.

Quem também caiu foi Ciro Gomes (PDT), que apareceu com apenas 5%, menos do que os 6% que havia registrado na rodada anterior da pesquisa. João Doria (PSDB) se manteve estável e ficou com 4%, empatado tecnicamente com o candidato pedetista. Assim como André Janones (Avante) que permaneceu com os 3% da rodada anterior.

Já Simone Tebet (MDB) cresceu, indo de 1 para 2%, enquanto Luciano Bivar (União Brasil) caiu de 1 para zero. Todos os adversários somados ultrapassam Lula na margem de erro e, por isso, o petista tem 47,3% nos votos válidos. Isso significa dizer que, mesmo no Poder Data, que costuma vir muito diferente de outros levantamentos, Lula pode vencer já no primeiro turno, uma vez que aparece na margem de erro.

Mesmo assim, os números da Poder Data seguem diferentes de outros Institutos, como o da Genial/Quaest, que também liberou dados nesta quarta-feira e mostrou Lula com 46%, ou seja, 4 pontos percentuais a mais que na outra e Bolsonaro com 29%, uma oscilação de 6%.