35 a 13: Câmara do Rio de Janeiro rejeita 5º pedido de impeachment contra Crivella

A Câmara de Vereadores votou, nesta terça-feira, a nova proposta de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB). O requerimento de cassação foi protocolado pelo fiscal da Secretaria Municipal de Fazenda, Fernando Lyra Reys – que acusa crime de responsabilidade de Crivella ao favorecer as empresas OOH Clear Channel e JCDecaux durante renovação de contratos de mobiliários urbanos, em dezembro de 2018. Este já é o quinto pedido de impeachment contra Crivella desde julho do ano passado.

O resultado da votação manteve Crivella no cargo por 34 votos contra o impeachment e 14 a favor.

Cada vereador defendeu sua posição, enquanto manifestantes pró e contra Crivella ocuparam as galerias da casa. Dos 51 vereadores da Câmara, 49 estiveram presentes.