Cerco fechando: STJ nega suspender investigação sobre Flavio Bolsonaro

O STJ negou ao senador Flávio Bolsonaro liminar para suspensão imediata das investigações sobre corrupção na Assembleia do Rio. O pedido foi indeferido pelo ministro Felix Fischer, o mesmo que cuida de recursos do ex-presidente Lula e outros réus da Lava Jato.

No seu despacho, Fischer destacou trechos de decisão de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio segundo a qual se entendeu por “lícita a investigação, destacando que as movimentações bancárias constituíram indícios de suposta lavagem de dinheiro”.