Blogueira que comemorou morte de neto de Lula publica desculpa fria diante da reação à maldade: “Eu só queria saber como as pessoas reagiriam”

Alessandra Strutzel é o nome da mulher que deixou espantados até colegas que a conhecem pessoalmente após uma postagem sádica nas redes sociais.

Ao compartilhar, nesta sexta-feira (1), a informação da morte de Arthur Araújo Lula da Silva, o neto de Lula de 7 anos, ela escreveu o seguinte comentário: “Pelo menos uma notícia boa”.

O texto acompanhava emojis de coração e felicidade, como pode ser visto nas imagens que integram esta matéria.

Minutos e horas se passaram e o post de Alessandra alcançou engajamento no Facebook. A cada segundo, internautas entravam no perfil da mulher não só para criticá-la, mas para procurar entender a origem de tanta maldade.

Alessandra, que se autodefine blogueira e youtuber, não aguentou a pressão e apagou a postagem. Em seguida, divulgou um comunicado com uma justificativa que não convenceu ninguém.

“Espero que me desculpem. Quero que todos saibam que eu jamais iria comemorar a morte de uma pessoa, muito menos a morte de uma criança. Com a postagem que fiz, eu só queria saber como as pessoas reagiriam, mas agora eu sei que fiz isso de uma forma muito infeliz. Fico contente que a reação tenha sido negativa, porque isso mostra que as pessoas não perderam a sensibilidade. Mas fico triste porque mesmo as pessoas que me conhecem tenham achado de verdade que eu seria capaz de um mal sentimento”, postou Alessandra. A tentativa de ‘mea-culpa’ soou, no mínimo, esquisita. Mas minutos depois comprovou-se que trava-se de pura falácia. Isto porque internautas resgataram prints ainda mais cruéis em que Alessandra Strutzel aparece dialogando com colegas sobre a morte de Arthur.