Estrela da Lava-Jato no Rio, Bretas segue Moro e já planeja entrar para a política também

BR: Depois de o então juiz Sergio Moro, titular da Operação Lava Jato em Curitiba, ter largado a toga para aceitar o convite de virar ministro da Justiça e, automaticamente, presidenciável, outro caso em tudo semelhante já se anuncia.

O juiz Marcelo Bretas, titular da Lava-Jato no Rio de Janeiro, já admite que sonha com a política.

“Quem sabe daqui a alguns anos, se eu me aposentar, não me torno um político, né? Pode ser, eu não sei”

Qualquer semelhança aos argumentos do ministro Moro, que ao se questionado sobre seu futuro político também diz não saber, não é mera coincidência.

Assim como Moro, Bretas também diz que, para cumprir sua missão contra a corrupção, tem de ocupar uma esfera maior do que a da Justiça. “Eu queria ter a resposta mais ampla de como resolver o problema no Rio, mas é muito difícil para mim, vai além da minha capacidade. Quem sabe daqui a alguns anos, se eu me aposentar, não me torno um político, né?”