“Homem de verdade”, segundo suas próprias palavras, Bebbiano se lança à Prefeitura do Rio e busca partido de centro-direita; imagem de valente e destemido

BR: Exonerado da Secretaria-Geral da Presidência em fevereiro, o ex-ministro Gustavo Bebbiano acaba de se lançar como candidato a prefeito do Rio de Janeiro. E já sabe qual linha vai seguir: a de político forte, na trilha da centro-direita, onde procura um partido para se filiar.

“Falta um homem de verdade à frente do comando da cidade para fazer o que tem que ser feito”, disse Bebbiano ao jornal Folha de S. Paulo.

Com esse discurso de quem bate a mão na mesa, Bebbiano pretende conseguir votos na base eleitoral do clã Bolsonaro, em áreas ligadas aos setores de segurança. Desde a exoneração, o antigo ministro é adversário declarado de toda a família presidencial.

Contra Bebbiano já se anunciam candidatos o prefeito Marcelo Crivella, à reeleição, o deputado Marcelo Freixo, pelo PSOL, e o deputado estadual Rodrigo Amorim, do PSL. O ex-prefeito Eduardo Paes, do MDB, só deve se decidir no próximo ano.