Da cadeia, Cabral vira colunista de jornal e estreia dando conselho a Bolsonaro: “Venda a Petrobras”

BR: Além de corrupto confesso, condenado a mais de 100 anos de prisão e delator formal, o ex-governador Sergio Cabral agora também é colunista de jornal. Ele inaugurou nesta quinta-feira 9 seu espaço no jornal O Dia. Seu primeiro tema, a Petrobras, saiu em forma de carta aberta ao presidente Bolsonaro.

O pitaco de Cabral, como tudo em sua biografia, foi eloquente. Recomendou, nada menos, que o presidente privatize a estatal petrolífera de onde jorraram recursos para muitas de suas estrepolias.

“Em busca do tempo perdido, presidente, venda a Petrobras”, determinou Cabral em seu primeiro texto.

Em seguida, fez uma conta:

“Os bilhões de barris do Pré-Sal só serão usufruídos pelo povo brasileiro se forem explorados, no máximo, nos próximos dez anos.” Com a palavra, o destinatário Jair Bolsonaro.